Canal de vendas próprio: mais segurança para o seu hotel e hóspedes

Canal de vendas próprio: mais segurança para o seu hotel e hóspedes

Saiba como um canal de vendas próprio para o hotel é uma alternativa efetiva às OTAs, trazendo novos clientes e mais lucro para seu negócio.

Já abordamos, aqui no blog, a importância da Multicanalidade de Vendas e falamos como é fundamental para um hotel apresentar aos consumidores diversas opções para efetuar a compra de suas diárias.

Comentamos desde o bom e velho balcão até as modernas OTAs. São diversos os meios para fazer as vendas, e cada um deles traz um retorno e eficiência diferentes. As OTAs são um bom exemplo, com o preço de comissão variando bastante, de 20 até 45% do valor da diária.

E como fugir das altas taxas cobradas? Fazendo a venda direta. Quando falamos na venda direta, não é apenas do balcão ou da central telefônica de reservas. É preciso manter a presença digital, e nada melhor do que um bom site para executar essa tarefa.

Um canal de vendas próprio traz mais segurança para o hotel e seus hóspedes, além de potencializar as receitas.

Separamos para você alguns pontos relacionados ao site do hotel e a importância dele para os resultados. Confira!

Canal de vendas próprio: Cliente do hotel e não da OTA

A parceria com as Agências e OTAs são fundamentais para qualquer hotel que deseja vender online. Players como a Booking e Expedia fazem parte de um mercado que investe mais de 10 bilhões de dólares em publicidade em marketing.

Qualquer empreendimento hoteleiro que pretende conquistar novos clientes e ampliar sua marca deve vender nas OTAs, mas isso não significa depender delas.

Um canal de vendas próprio para o hotel traz a possibilidade de reduzir o peso das comissões cobradas por OTAs e Agências de Viagem sobre as diárias e pacotes vendidos para o seu empreendimento.  As únicas comissões pagas se aplicam sobre o motor de reservas, e sua taxa é bem mais baixa que a praticada pelas operadoras. E, em alguns casos, não há taxa, apenas o valor recorrente do sistema.

Quando o cliente opta pela compra direta no site do hotel, fica alheio à concorrência, algo que não ocorre nas OTAs. Por mais que a parceria com esses canais seja importante, o hotel precisa mirar mais longe, desenhar um planejamento de receita que tenha mais de uma ou duas entradas, ainda mais uma com tantas comissões.

Um bom site é sinônimo de cliente informado e confiante

Para conseguir converter os clientes das OTAs, será necessário montar um site que tenha os seguintes pontos:

  1. Uma navegação fácil e clara;
  2. Um conteúdo interessante e atraente para reter, informar e convencer o visitante;
  3. Responsividade, ou seja, a capacidade de se adaptar às telas dos computadores e dispositivos móveis;
  4. Um bom motor de vendas;
  5. Informações bem claras e descrições bem feitas das acomodações e da estrutura do hotel.

Um canal de vendas próprio para o hotel também precisa respeitar os protocolos de segurança da internet para poder ser considerado um endereço seguro. Adotar processos rígidos de cadastro e controle de informações faz o cliente sentir-se seguro e confiante para colocar seus dados financeiros na hora da compra.

Não dar a devida atenção para este ponto pode ser algo caro no futuro, portanto, não se esqueça de conversar com o desenvolvedor para tirar todas as suas dúvidas.

Faça seu marketing gerar mais receita

Com um site bem montado o hotel está pronto para iniciar sua estratégia na internet. O marketing digital traz ótimos resultados com um custo benefício muito interessante. O segredo é criar bons conteúdos, administrar bem as páginas nas redes sociais e fazer campanhas de anúncio para converter visitas ao site.

Dirigindo o marketing para um canal de maior retorno financeiro, suas ações geram mais por menos, tudo que seu hotel precisa para não desequilibrar as despesas com operações que não trazem retorno garantido.

Pense da seguinte maneira: o marketing feito pela OTA já é imenso e muito bem executado, agora é hora de estruturar o seu para dirigir o cliente para o seu endereço, iniciando a estratégia de conversão e fazendo o site vender cada vez mais.

Fator analítico faz a diferença

Um site gera estatísticas conforme os visitantes passam pelas páginas e clicam nos botões e links. Com esses dados em mãos, é possível analisar o desempenho do site e fazer as correções necessárias para ter uma performance ainda melhor.

A análise dessas informações de navegação e do desempenho de vendas (que pode ser obtido pelo software do motor) são fundamentais para nortear o trabalho online e impulsionar os resultados.

 

Gostou de saber como um canal de vendas próprio para o hotel pode trazer mais clientes para seu negócio? Então não deixe de acompanhar o nosso blog para ficar antenado com as tendências, novidades e principais estratégias do mercado hoteleiro!



Fechar Menu