Quais aspectos devo considerar ao escolher um sistema de gestão hoteleira?

Quais aspectos devo considerar ao escolher um sistema de gestão hoteleira?

Praticar uma atendimento de excelência e entregar aos clientes a melhor experiência em hospedagem parece cada vez mais indissociável do uso da tecnologia. A inovação tecnológica e as ferramentas digitais transformaram a rotina de trabalho das equipes e os processos realizados dentro do empreendimento hoteleiro.

Um bom exemplo é o sistema de gestão hoteleira. Este recurso foi criado com a finalidade de facilitar o planejamento e a execução das principais tarefas envolvidas no setor, desde o controle das reservas até o manejo financeiro, criando um ambiente virtual perfeito para o controle das operações.

A grande questão envolvendo os sistemas de gestão hoteleira é a quantidade de fornecedores presentes no mercado. Com tanta gente disputando a atenção dos hotéis, como escolher o melhor software para o seu negócio?

É isso que pretendemos explicar mais nos próximos tópicos. Pronto para descobrir como encontrar a verdadeira solução digital que seu hotel precisa? Separamos 5 aspectos para você ficar atento. Boa leitura!

Principais fatores para levar em consideração antes de escolher um sistema de gestão hoteleira

1. Usabilidade

A usabilidade tangencia a experiência do usuário e a facilidade de manuseio da ferramenta. Um PMS não pode ser difícil de usar. Complexidade na utilização gera erros, e isso gera prejuízo financeiro e de tempo para as operações.

Não feche nenhum negócio sem realizar uma demonstração do uso do sistema de gestão hoteleira. Esse é o momento certo para explorar todos os recursos antes de decidir se esse é o produto adequado para as necessidades do seu empreendimento.

2. Integração com outros sistemas

Mais um ponto importantíssimo. A integração da ferramenta com outros sistemas gera benefícios para a gestão. Portanto, se o PMS apresenta muitas dificuldades ou erros de integração, talvez esta não seja a solução ideal para o seu negócio.

Procure um sistema de gestão hoteleira que consiga efetuar a integração perfeita, para que o potencial dos dados seja utilizado ao máximo na gestão estratégica. Caso seja necessário implementar outra ferramenta digital, verifique se o fornecedor oferece os suportes e APIs necessários para que os profissionais da TI consigam integrar todos os sistemas.

3. Suporte ao cliente

Nem sempre os consumidores vão dominar tudo com apenas um treinamento, e podem precisar de ajuda do fabricante para relembrar comandos. Além disso, nenhum sistema está totalmente salvo de apresentar erros. Essas duas situações representam bem a importância do suporte.

O fornecedor precisa oferecer um suporte qualificado e capaz de atender as diferentes ocorrências envolvendo o sistema. Suporte é fundamental, e quanto mais completo ele for, melhor para o cliente, que ganha confiança e auxílio para seus problemas.

4. Gestão de canais é um diferencial

Gerenciar os canais de venda é um fator importante Portanto, se o sistema de gestão hoteleira integra um Channel Manager, isso é um bom diferencial. Analise se o software possui uma interface única para gerenciar os diferentes canais e distribuir as diárias.

É importante que haja a possibilidade de controlar de maneira fácil a distribuição para OTAs, GDSs, atacadistas e plataformas de reservas diretas. Todos eles são estratégicos para o faturamento e devem ser geridos com eficácia por meio do sistema.

5. Segurança e uso remoto

Sistemas de gestão hoteleira alocados na nuvem são mais versáteis, permitem o uso remoto e o acompanhamento dos resultados em tempo real. Isso possibilita que os gestores acompanhem a performance do hotel em dispositivos móveis e notebooks, ou seja, o cérebro do hotel está sempre ao alcance das mãos.

Junto com o uso remoto, os softwares alocados em nuvem são mais seguros. Os data centers que servem ao sistema possuem protocolos mais rígidos de segurança. Além disso, o nível de investimento em recursos para evitar cibercrimes é muito maior do que qualquer data center local de um hotel é capaz de adquirir.

 

Esses cinco fatores representam pontos críticos para escolher o sistema ideal para gestão hoteleira. No momento de fechar negócio, procure fornecedores que sejam capazes de entregar um produto completo e que valha cada centavo investido e, claro, traga ainda mais valor para as operações e resultados do hotel.

Gostou das dicas? Então, não deixe de acompanhar nosso blog e aproveite nossos conteúdos para aprofundar seus conhecimentos sobre o universo hoteleiro.



Fechar Menu